Será de inequívoca importância mas nem sempre os mais altos cargos, públicos ou não, implicam uma formação académica ao mais alto nível para que as decisões certas sejam