A divisão do nosso tempo está essencialmente subordinada a dias e horas. Só descemos abaixo disso em situações pontuais que exijam mais rigor. E se atendermos ao último,