Gosta de ursos polares?

Está mais que provada a atenção e cuidado que qualquer fêmea dispensa às crias quando elas nascem. Algumas tornam-se até manifestamente agressivas. Em muitos casos quase se tornaria desnecessário pois há espécies em que a cria mal nasce, quase que se torna logo activa, funcionante e independente. Mas noutros a situação requer realmente mais atenção por parte da progenitora. É o caso do urso polar em que as crias nascem cegas e surdas, só começando a funcionar normalmente ao fim de um mês.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *